Publicado por: Eduardo Wagner | março 8, 2008

Dia 08 de março – Dia Internacional da Mulher – Dia de Valorizar a Mulher Brasileira

Conforme combinado, e avisado neste post, e fazendo parte de uma rede de mais de 200 blogs que se voluntariaram para postar hoje, 08/03Dia Internacional da Mulher, em forma de uma blogagem coletiva tendo o mesmo tema: A Valorização da Mulher Brasileira. Como bem disse a Lys neste post, a mulher brasileira é vista nacionalmente e internacionalmente de uma única maneira. A da gostosona, libidinosa, pronta pra qualquer coisa. Vide os índices do turismo sexual no Brasil e a quantidade de mulheres exportadas para servirem de prostitutas em vários países do mundo, grande maioria destas enganadas com falsas promessas de trabalho, sucesso e sobretudo, uma vida melhor da que levavam aqui.

As mulheres que anonimamente ou de vida publica que lutaram e lutam contribuindo para um Brasil melhor, são relegadas a segundo plano. É difícil de se procurar a raiz de tal estereótipo, de tal visão biltre e equivocada. Mas podemos jogar supor vários pontos, muitos deste em comum com as várias outras mazelas que este país sofre. Falta de educação, tanto aquela vinda da família, quanto àquela garantida constitucionalmente, que deve ser fornecida de forma igualitária pelo estado. Outro é o comportamento machista, que apesar de negado ainda se faz presente na cabeça de muitos homens por ai, e não é só na cabeça do pedreiro semi-analfabeto que isto se faz presente não, perpassa por todas as faixas sociais e educacionais. A religião também tem seu pedaço de culpa em relação a este assunto, com suas atitudes castradoras, preconceituosa e retrógada ao longo dos últimos tempos. A proliferação das redes sociais como o Orkut também contribuem neste aspecto, onde para se ganhar popularidade e fama, milhares de meninas se expõe de uma maneira desnecessária, que no fundo trabalha negativamente a sua visão como individuo.

Por fim, um fator que hoje em dia, pelo menos no meu ponto de vista, é um dos maiores responsáveis por esta desvalorização e pela mercantilização da mulher apenas como forma, que é a TV e as mídias como um todo, não incluo todas, mas sim aquelas que têm maior permeabilidade entre os brasileiros, e neste caso as TVs abertas são as campeãs, com seus programas de extremo mau gosto, como àqueles do SBT em que várias garotas ficam dançando em uma espécie de quizzshow. SBT este, que chegou ao disparate de criar um telejornal onde as apresentadoras usavam minissaias sentadas em banquinho para ler as noticias, como nas péssimas novelas da Globo que selecionam atrizes, não por suas qualidades teatrais e sim pelos seus atributos físicos. Mas nada se compara com o programa que personifica a coisa mais estúpida que a mídia televisiva poderia inventar, que é o ação de se vender a intimidade alheia. Sim, estou falando do biguebroder. Sem entrar em mais detalhes, pois muitos já o fizeram sobre tamanha tacanhês de espírito, atento apenas pelo triste fato de que assim como se criou uma cultura no Brasil de se tornar jogador de futebol, criou-se nos últimos anos, uma série de pessoas, na grande maioria mulheres, em que tudo que esperam da vida é participar de tal programa. Com apenas algumas consultas ao oráculo é possível se descobrir vários casos.

E na verdade, ao contrário do que é vendido ai, esquecem se de que a maioria das mulheres são guerreiras. Que lutam. Que sã maioria no meio acadêmico. Que a maioria dos chefes de família são mulheres. Que elas ralam muito, de diferentes maneiras, seja como empregada domésticas, motoristas, professoras, mães, médicas, engenheiras, pesquisadoras, empresárias e etc, para viver e mostrar que não são apenas serezinhos frágeis e um depósito de semém em potencial.

E para finalizar gostaria de deixar um exemplo de mulher guerreira retratado aqui. E uma certa homenagem e admiração por esta pessoa.

Ana, minha companheira.

A Ana é bióloga, pesquisadora, pra ser mais exato Quiroptologista. Esse pequeno palavrãozinho ai quer dizer especialista em morcegos. Mas você pode perguntar, mas porque diabos alguém vai estudar morcegos. Bom, eu respondo, como tudo no meio ambiente deve ser observado, descrito para fins de se entender seu papel nessa intricada teia da vida, ao qual estamos inseridos, apesar da maioria acreditar que não, e o morcegos não ficam de fora, pois são ótimos indicadores da qualidade de um meio e indispensáveis dispersores de sementes.

pnmt_anacui_acmmartins_fevmar2006-29_480x360.jpg

Bom, então, voltando a falar deste exemplar de mulher guerreira, a Ana estuda estes simpáticos mamíferos alados em seu habita natural, o que implica se enfiar em locais jamais vistos pela maioria das pessoas. Locais onde o acesso se dá apenas pela água, ou pelo ar, ainda assim de helicóptero, ou às vezes o acesso se da por um combinação de vários meios de transporte, levando às vezes 5, 6, 7 dias para chegar em tais locais. E estar nestes lugares, é estar privado de qualquer conforto da civilização por às vezes até trinta dias. É também estar entre vários tipos de bichos, insetos, e doenças tropicais. E além disso, coordena um equipe que incluem mateiros, auxiliares de campo, além te trabalhar na organização da logística de tais expedições cientificas.

Todas fotos abaixo são na Amazônia.

Meios de transporte

esforco4_480x245.jpg

img_1940_480x360.jpg

pnmtii_mapaoni_jan05-145_480x360.jpg

Casa

rdsi_acmmartins-10_480x360.jpg

Trabalho

flonaii_acmmartins-60_480x360.jpg

ana_480x360.jpg

flonaii_acmmartins-6_480x360.jpg

Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque/AP

pnmtii_mapaoni_jan05-124_480x360.jpg

E para todas a mulheres que são guerreiras, que contribuem para mostrar a verdadeira imagem da mulher brasileira, meus parabéns pelos seu dia.

 

Outros blogs que se inscreveram para fazer a blogagem coletiva:

 

1. Lys 2. Meiroca 3. Grace 4. Marcio 5. Cilene 6. Mirella 7. Jorge 8. Elizabeth Cunha 9. Elzinha 10.Georgia 11.Sonia 12.Ru Correa 13.Sandra 14.Lucia Freitas 15.Tati Sabino 16.Carola 17.Celia 18.Rosa 19.Principe Tito 20.Lulu on the Sky 21.Miriam Salles 22.Ronald 23.Naldy 24.Steffania Paola 25.Chicoelho 26.Seu Paulo 27.Lili Bolero 28.Scliar 29.Patti 30.Flavia 31.Dinha 32.Drops Azul anis 33.Varal das ideias 34.Keila, a Loba 35.http://oscar-vg.blogspot.com/ 36.Flainando 37.Tania 38.Paula 39.Fester 40.Ricardo Rayol 41.Blogosfera Solidaria 42.Pata Irada 43.Anunciaçao 44.Paps 45.Luci Lacey 46.Cidão 47.Evellyn 48.Janaina de Almeida 49.Roberto Balestra 50.Luciane 51.Chico 52.Marcelo 53.Pix Blog 54.Alessandra Rosa 55.Mercia 56.Maria Augusta 57.Betha 58.Sandrinha do Hawai 59.Aninha Pontes 60.Nana Hayne 61.Adri 62.Pedro Freire 63.Taliesin 64.Ingrid 65.Claudya 66.Teresa 67.Mayra 68.Marcia 69.Ricardo Soares 70.De dentro da Bota (Gi) 71.Ciça 72.Lino 73.Eeepa 74.Cantorias 75.Du 76.Maite 77.Suelly Marquez 78.Cadinho Roco 79.Marcelo Para 80.Liz 81.Andrea 82.Maria do Carmo 83.Andrea Motta 84.Chawca 85.Leticia Coelho 86.Elvira 87.Monika Mayer 88.Guillian 89.Adelino 90.Bblinda 91.Roseane 92.Prof. Josenilton 93.Fabiana 94.Claudia 95.Flavia, vivendo em coma 96.Oficina das palavras 97.Marlene Mora 98. Dani Pontes 99.Deny 100.Juca 101.Sandra Bose 102.Taty 103.Aprendizagem 104.Cristiane Borre’ 105.Brasil na Italia 106.Mari 107.Vivis 108.Luma 109.Leticia 110.Issamu 111.Vi Leardi 112.Sergio 113.Maria Elena 114.Adriana 115.Tina 116.Claudia 117.Ery Roberto 118.Allan 119.Saramar 120.Francy e Carlos 121.Raquel Moniz 122.Loba 123.Bia 124.Sonia Vasconcelos 125.Lucia Malla 126.Mario 127.Claudia Pit 128.Celia Rodrigues 129.Barbara 130.Tanya 131.Viviane 132.Patty 133.Cesar Zanin 134.Lunna 135.Meyviu 136.Karina 137.Krika 138.Vitoria 139.K. -Incompletudes 140.Laura 141.Cristiane 142.Denise Arcoverde 143.Paola 144.Lola 145.Felipe Breia 146.Rosana 147.Ju Moreira 148.Fábio Max 149.Angel Ilanah 150.Anny 151.Marcos 152.Nanci 153.Ro Costa 154.Lucas 155.Sombra do Sol 156.Xico Lopes 157.GuGa Flaquer 158.Lucy 159.Leila 160.Herbert Drummond 161.krek 162.Pablo Ramos 163.Julio Moraes 164.Ana Paula 165.Marcos 166.Denise B C 167.Aru’ 168.Rosane 169.Michele 170Natalia 171.Rap 172. Jan 173.Mayna 174.Carla 175.Sérgio Coutinho 176.Regina Ramao 177.Cris 178.Cochise 179.Alexandra 180.Tereza 181.Luiza Helena 182.Lilian Britto 183.Ernâni Motta 184.Cybele Meyer 185.Lenhador 186.Carlos Hotta 187.Lord Fenix 188.Cris Penaforte 189.Lucia Oliveira 190.Eduardo Wagner 191.Coletivo ao Ataque 192.Nina 193.Simone 194.Silvia 195.Mariana 196.Jandira Silva Santos 197.Mariana2 198.Fernanda Jimenez 199.Ju K. 200.Cristina Sampaio 201.Fernanda Franca 202.Yeda 203.Jandira 2 204.Paulo 205.Paulo 2 206.Simone (Carta sem selo) 207.Kenia 208.Cynthia Semíramis 209.AlePicoli 210.Lunna 211.Elena Fletcher 212.Cristiana Guerra 213.Andrea N. 214.Doni 215.Dacio Jaegger 216.Alessandra 217.Marcos V. 218.Drika Campos

 


Responses

  1. […] Miriam Salles, 35. Maria Augusta, 36. Juca, 37. Lucia Freitas, 38. Julio Moraes, 39. Issamu, 40. Eduardo Wagner, 41. Osc@r Luiz, […]

  2. Esses programas de TV desvalorizam a mulher brasileira, a tratam como objeto.

  3. […] Miriam Salles, 35. Maria Augusta, 36. Juca, 37. Lucia Freitas, 38. Julio Moraes, 39. Issamu, 40. Eduardo Wagner, 41. Flainando na Web, 42. Nana’ Hayne, 43. Tine Araujo, 44. Cybelle Meyer, 45. Cris, 46. Cilene […]

  4. […] Miriam Salles, 35. Maria Augusta, 36. Juca, 37. Lucia Freitas, 38. Julio Moraes, 39. Issamu, 40. Eduardo Wagner, 41. Flainando na Web, 42. Nana’ Hayne, 43. Tine Araujo, 44. Cybelle Meyer, 45. Cris, 46. Cilene […]

  5. Não conhecia o seu blog e cheguei a ele devido à blogagem coletiva. Parabéns pelo blog e pelo excelente post! Bom domingo!

  6. […] Miriam Salles, 35. Maria Augusta, 36. Juca, 37. Lucia Freitas, 38. Julio Moraes, 39. Issamu, 40. Eduardo Wagner, 41. Flainando na Web, 42. Nana’ Hayne, 43. Tine Araujo, 44. Cybelle Meyer, 45. Cris, 46. Cilene […]

  7. E viva as mulheres!

  8. Que guerreira! Gostei muito da homenagem à sua companheira. Ela deve ter enfrentado um bocado de preconceitos para se aventurar assim pelo mato, numa ciência que, acho eu, deve ter pouquissíssimas mulheres (as fotos indicam isto. Confere?). Muito legal. Abraços. Ethel SC

  9. Pois eh sempre remetemos sexo a educacao. Mas esquecemo que educacao eh formacao e toda formacao depende do lado de quem esta pagando. Quando nossa indias, e negras se e sentiam a vontade para fazer sexo, porque sexo nao era mercadoria para comercializar (venda a vista para prostitutas ou investimento a longo prazo num bom casamento). Elas tinham o direito de escolher e dormir com quem queriam. Na sociedade de onde vinham a crianca gerada era responsabilidade da tribo, sendo assim nao precisavam se vender para pagar o futuro do filho. Eh verdade meu caro amigo somos mais livres em relacao ao sexo. O europeu de uma maneira em geral ve sexo como algo proibido, heranca de uma “boa” educacao. Mas como tudo que tem um lado bom tem um lado pessimo. Nos ficamos assim, de livres passamos a vagabundas, de vagabundas a mercadoria, de mercadoria a escravas…ou esposas infelizes…mas isto eh assunto que precisa de horas de boteco.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: