Publicado por: Eduardo Wagner | fevereiro 21, 2008

Um oceano de plástico

Durabilidade, estabilidade e resistência a desintegração. As propriedades que fazem do plástico um dos produtos com maiores aplicações e utilidades ao consumidor final, também o tornam um dos maiores vilões ambientais. São produzidos anualmente cerca de 100 milhões de toneladas de plástico e cerca de 10% deste total acabam nos oceanos, sendo que 80% desta fração vem de terra firme.

giro-mais-lixo.jpg

Foto do vórtex

No oceano pacífico há uma enorme camada flutuante de plástico, que já é considerada a maior concentração de lixo do mundo, com cerca de mais de 1000 km de extensão, a concentração de lixo extende-se a partir da costa da Califórnia, atravessa o Havaí e chega a meio caminho do Japão, atingindo uma profundidade de mais ou menos 10 metros. Acredita-se que haja neste vórtex de lixo cerca de 100 milhões de toneladas de plásticos de todos os tipos.

Pedaços de redes, garrafas, tampas, bolas , bonecas, patos de borracha, tênis, isqueiros, sacolas plásticas, caiaques, malas e todo exemplar possível de ser feito com plástico. Segundo seus descobridores, a mancha de lixo, ou sopa plástica tem quase duas vezes o tamanho dos Estados Unidos.

vortex.jpg

Oceano Plástico

O oceanógrafo Curtis Ebbesmeyer, que pesquisa esta mancha a 15 anos compara este vórtex a uma entidade viva, um grande animal se movimentando livremente pelo pacifico. E quando passa perto do continente, você tem praias cobertas de lixo plástico de ponta a ponta.

sea-turtle-deformed.jpgA bolha plástica atualmente está em duas grandes áreas ligadas por uma parte estreita. Referem-se a elas como bolha oriental e bolha ocidental. Um marinheiro que navegou pela área no final dos anos 90 disse que ficou atordoado com a visão do oceano de lixo plástico a sua frente. “Como foi possível fazermos isso?” – “Naveguei por mais de uma semana sobre todo esse lixo”.

Tartaruga deformada por aro plástico

Pesquisadores alertam para o fato de que toda peça plástica que foi manufaturada desde que descobrimos este material, e que não foram recicladas, ainda estão em algum lugar. E ainda há o problema das partículas decompostas deste plástico. Segundo dados de Curtis Ebbesmeyer, em algumas áreas do oceano pacifico podem se encontrar uma concentração de polímeros de até seis vezes mais do que o fitoplâncton, base da cadeia alimentar marinha.

birdtummy.jpg

Todas a peças plásticas à direita foram tiradas do estômago desta ave

Segundo PNUMA, o programa das nações unidas para o meio ambiente, este plástico é responsável pela morte de mais de um milhão de aves marinha todos os anos. Sem contar toda a outra fauna que vive nesta área, como tartarugas marinhas, tubarões, e centenas de espécies de peixes.

dead_bird.jpg

Ave morta com o estômago cheio de pedaços de plástico

E para piorar essa sopa plástica pode funcionar como uma esponja, que concentraria todo tipo de poluentes persistentes, ou seja, qualquer animal que se alimentar nestas regiões estará ingerindo altos índices de venenos, que podem ser introduzidos, através da pesca, na cadeia alimentar humana, fechando-se o ciclo, na mais pura verdade de que o que fazemos à terra retorna à nós, seres humanos.

Via: The Independent, Greenpeace e Mindfully


Responses

  1. quero ver a hora em que o oceano jogar isso tudo na nos continentes…

  2. […] e cerca de 10% deste total acabam nos oceanos, sendo que 80% desta fração vem de terra firme. Ler mais. […]

  3. […] vamos deixar de papo e vamos reproduzir o post do idealismodebuteco que falei […]

  4. […] imagens, brutais e asquerosas, q invadiram, e-mails e noticiários sobre o mar de plástico q já atravanca parte dos oceanos, deforma animais, compromete a vida, dão uma boa idéia do quão […]

  5. Com certeza o plástico vai acabar conosco. Mas o capitalismo é quem manda!!

  6. Temos que cuidar do nosso planeta, rápido !!!!!!!!
    Acho que o governo deveria investir na Educação Patrimonial nas escolas.
    Temos que reeducar os nossos jovens o quanto antes pois a coisa esta ficando feia demais…
    Sou estudante de Arte Educação e o meu tema de Monografia é “EDUCAÇÂO PATRIMONIAL NAS ESCOLAS DE ENSINO MÈDIO E FUNDAMENTAL”

  7. Acho que o único ponto positivo disso é: caso você venha a naufragar nessas regiões… não vão faltar utensílios de plastico =D

  8. Olá!!
    eu gostei muito do seu blog, na verdade já vim várias vezes aqui, e confesso que copiei algumas fotos daqui…desculpa, mas gostaria que você conhecesse o blog da minha turma de alunos, eles fazem um projeto muito legal sobre sacolas retornáveis!!
    Abraços!
    http://www.projetocabecadepano.blogspot.com

  9. ESTOU BASTANTE CHOCADA COM O E-MAIL, QUE RECEBI. ESTOU AQUI DANDO A MINHA CONTRIBUIÇÃO, AJUNDANDO DA MELHOR FORMA POSSIVEL CONVENCENDO E INFORMANDO DA SITUAÇÃO DO NOSSO PLANETA SOU UM PESSOA ALTAMENTE ECOLOGICA.

  10. Olá Eduardo!
    Parabenizo pelo seu esclarecedor artigo “Oceano de Plástico”. Estamos recebendo centenas de emails que cairam nas “correntes” marítimas internautas com seu artigo sem a citação da fonte de seu blog. Soube de sua autoria pelo site de Azenha. Faremos o seguinte: vamos alertar as redes para a citação da fonte. Se desejar contatar-nos, fique à vontade. Atenciosamente, Amyra El Khalili

  11. como é q os humanos podem fazer isto com os animais?
    devemos cuidar bem deles!

    • tenho certeza que futuramente não só os animais mas nós humanos iremos sofrer muito com esta poluiçao que nós mesmos estamos causando, temos que tomar uma atitude em mudar nosso estilo de vida para ajudar o nosso meio ambiente,mas acho que falar só isso não basta pois o”homen” em geral é não muda da noite para o dia e nem todos irão fazer o mesmo, acho que seria preciso uma puniçao mais severa para quem pratica esse e qualquer tipo de poluição!!!!

  12. Eduardo, Pabenizo-o pela materia, a qual redistribui para a redes socio ambientais. Enquanto ativista ambietalista, sempre que tiver informes de conscientização e mobilização, nos envie, com fotos que teremos prazer em divulgar. Att., Léa C. Pinto
    Nesta oportunidade, aproveito para registrar:

    EM DISCORDÂNCIA À FRAGMENTAÇÃO DA SERRA SÃO LOURENCINHO, SUAS CABECEIRAS DE DRENAGEM E DOS HABITATS NATURAIS DESTA MATA ATLÂNTICA DE NEBLINA.

    SignAssinarClique: http://www.petitiononline.com/Serra/petition-sign.html

  13. Muito interessante a iniciativa e a matéria muito bem feita.Esse é um modo de abrir os olhos de quem nao respeita e nao valoriza onde vivemos….e só agora quando precisei fazer um trabalho com esse tema que percebi o tamanho erro que todos cometem,inclusive na minha familia,e de como cada ato transformamos o mundo em um desastre.

    Continue escrevendo,vou ler sobre isso com mais frequência.

    Obrigada!!

  14. Interessante.

  15. […] plásticos é responsável pelo maior acúmulo de resíduos já visto na Terra. Estamos falando do “oceano de plástico”, nome dado ao vórtice de lixo que extende-se a partir da costa da Califórnia, atravessa o Havaí […]

  16. Estou apavorada com tudo que está acontecendo,não só nos oceanos,mas também na terra.Será que vamos ficar de braços cruzados achando que isso tudo não chega até nós?Vamos continuar sendo ipócritas até quando????????
    Você que acha que isso não vai te atingir,pode ter certeza que seus filhos não sobreviverá……

  17. […] Escrito por Eduardo Wagner: https://idealismodebuteco.wordpress.com/2008/02/21/um-oceano-de-plastico/ […]

  18. Vomos tentar mudar a realidade de nosso planeta, sei que será sempre impossível mudar 100% más nunca seremos incapazes de fazermos, ao menos metade disso, fará muita diferença

  19. incrivel

  20. demorou, mas começou o fim dos homens. não tem mais volta.
    não só o lixo oceânico, mas tambem o lixo espacial será notório a qualquer hora dessa, basta que um satélite, destes desativados, caia sobre a casa branca para que o mundo abra os olhos para os problemas dos lixos produzido no mundo e que a natureza não consegue mais absorver.

  21. somos uma praga para este planeta.

  22. A NATUREZA TRABELHA EM SILÊNCIO; ELA NÃO SE DEFENDE SE VINGA. ESTÀ NA HORA DE FAZERMOS ALGUMA COISA PODE CONTA COMIGO VIUUUU.

  23. nossa.quando vi as imagens me imprecionei.muito legal o site de vcs!!!!!!!!!!
    by:biah

  24. aiiiiii isso é horrivelllllllllllllllllllllllll eu quero vomitarrrr ecááááá
    como uma pessoa conssegue tirar essa foto feiaa para c…..

  25. éeeeeecaaaaaaaa que nojento essa porr….
    vai tomar no …..
    kiiiisss gostosossssssssssss
    amoooooo tooooodos vcs…….

  26. nos da escola manoel henrique de assis l

  27. nos da escola manoel henrique de assis lemos o projeto e adoramos estamos surpresos com isso, ficou muito mara.

  28. eu tambem sou do colegio manoel henrique de assis da 8ª1 e gostaria de agradecer por essa otima materia sobre o lixo nos oceanos.

  29. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

  30. Se hoje são os animais, amanhã seremos nós! Só iram tomar uma providência quando acontecer o pior. Eles semprem pagam pra ver, e como pagam. =x

  31. […] a aberrações como o imenso continente de plástico que temos hoje no Pacífico Norte (veja 1 2 3 […]

  32. eu acho que nos devemos colaborar cada vez mas para que nosso ocenano pacifico nao seja destruido

  33. Foi iniciado timidamente, o uso de um novo plástico que é capaz de se degradar quando cai na natureza. Acho que a utilização desse matrial como substituto dos plásticos atuais parece ser importentíssimo. gostaria de saber se sua fabricação é sustentável. Scolars feitas com ele parecem mais efetivas que as reornáveis, já que as sacolas retornáveis são em geral utilizadas como sacos de lixo, menos puluentes que os sacos de lixo de verdade, que por serem muito reciclados, poluem mais…

  34. que desgraça

  35. ÔI.
    INfelizmente, essa é a nossa realidade. Enquanto cuidamos dos mares, os continentes, já agônicos, cobram um preço caro pela sua excessiva e descabida ocupação. Todos sabem disso, mas ninguém quer por o guizo no pescoço do gato, deixando de faturar com a destruição ambiental, camuflada de ação ecológica ou autossustentável. Bem na moda.
    Pego o gancho e critico principalmente as falsas e aproveitadoras autoridades constituídas do nosso RN , que entupiram os canteiros urbanos com uma planta conhecida como “Unha do Cão”(Cryptostegia madagascariensis), que já extrapolou o controle urbanopaisagístico e agora ameaça o parque das dunas, assim como já invadiu os carnaubais e vegetações ribeirinhas do Maranhão, Piaui, Cearám Rio grande do norte, Paraíba, Pernanbuco, Bahia etc.
    Será que os representantes, autoridades, são tão incompetentes assim, a ponto de arborizar uma cidade com algo tão malígno e ignorar totalmente sua ação predatória das espécies nativas? Acho que sim, mas aí parece que tem muita grana emvolvida no assunto, principalmente à ligada a atuação das empresas que plantam e replantam nos canteiros da cidade, bem como fazem sua manutenção e controle(?).
    Enquanto isso, a praga avança na réstia de mata Atlântica legada a nós impassíveis natalenses.
    Não quero nem falar da Rapanea SP ou Capororoca, que já invadiu o parque até a metade e ameaça agora a Mata da Estrela.
    Lamentável.

  36. […] vamos deixar de papo e vamos reproduzir o post do idealismodebuteco que falei […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: