Publicado por: Eduardo Wagner | fevereiro 19, 2008

Flertando com a morte através das refeições

Comidas feitas através de alimentos que contém toxinas são uma atração especial na culinária de muitos povos. Alimentos estes que, muitas vezes se mal preparados, tornam uma gostosa refeição em um prato mortífero.

maitre.jpg

O artigo original pergunta se alguém correria o risco de comer um desses pratos venenosos em potencial. Mas nós brasileiros temos uma iguaria muito apreciada tanto natural como em seus subprodutos, que tem uma toxina mortífera.

Mandioca, Aipim ou Macaxeira

 

mandioca2.jpg

Pão de queijo, polvilho, farinha de mandioca, tapioca, maniçoba. São inúmeros os pratos gostosos que vem deste tubérculo que contém veneno. As variedades de mandioca podem ser divididas em 2 grupos: mansas ou bravas. Essa divisão se baseia na quantidade e qualidade de ácido cianídrico contido na mandioca. Este ácido é um veneno muito perigoso a partir de certa dosagem.

mandioca.jpg

 

A intoxicação caracteriza-se por manifestações de vômito, dores abdominais, diarréia, sonolência. Também ocorrem distúrbios neurológicos como torpor e coma, além de convulsões e contrações musculares. Só para se ter uma idéia de quanto aquela mandioquinha frita que acompanha a cervejinha pode ser fatal, é só se ater o fato de que durante a Segunda Guerra Mundial, o ácido presente na mandioca foi utilizado pelos nazistas para o extermínio de judeus nas câmaras de gás.

 

Fugu ou Baiacu

fugu.jpg

Uma iguaria muito comum e apreciada no Japão, que é letal se mal preparada. O seu preparo consiste em retirar os órgão que contém a toxina, o que exige anos de experiência para quem prepara o prato. Há até escolas de culinária especializadas em Baiacu no Japão. O envenenamento se dá pela neurotoxina Tetrodoxina que é encontrada em seus ovários. Os primeiro sintoma de envenenamento é uma dormência/paralisação dos lábios e da língua, que aparece entre 20 minutos a 3 horas depois da ingestão do baiacu.

fugu2.jpg

Come-se crú

O sintoma seguinte é o aumento da paralisia facial e das extremidades, que pode ser acompanhada de sensação de leveza ou flutuação. Dor de cabeça, rubor facial, dor epigástrica, náusea, diarréia e vômito, depois disso começa a dificuldade para andar, daí a fala é afetada e a pessoa envenenada apresenta cianose e hipotensão, com convulsões, contração muscular, pupilas dilatadas e insuficiência respiratória. O paciente, embora totalmente paralisado, permanece consciente e lúcido até o período próximo da morte. O óbito ocorre dentro de 4 a 6 horas, podendo variar de cerca de 20 minutos a 8 horas. Estima-se que são vítimas do veneno em todo o Japão, cerca de 200 pessoas sendo que 50% são levadas ao óbito. Realmente uma morte horrenda, a pior de todas aqui.

“San Nak Ji” ou Polvo Vivo

polvo.jpg

Já pensou você comendo um polvo vivo, com os tentáculos saindo da sua boca e passeando pelo seu rosto? Há uma cena no filme coreano Old Boy, que o personagem principal sai da prisão e a primeira coisa que ele faz é ir ao um restaurante comer um polvo vivo, e são nojentas a imagem dele fazendo tal refeição.

polvo-vivo.jpg

Segundo consta, o prazer do prato esta exatamente nisto, em apreciar o polvo se mexendo em sua boca, e o desafio é engolir o polvo sem engasgar, pois ele vai estar se mexendo. E é ai que mora o perigo. Calcula-se que hajam em média 6 mortes anuais na Coréia do Sul por se comer polvo vivo.

É. Deve ser ruim morrer assim de uma maneira tão estúpida, mas para mim ainda não chega perto do Baiacu.

Sapo Boi Gigante

bullfrog.jpg

Essa iguaria vêm diretamente do continente africano, na Namíbia o Sapo Boi Gigante é considerado um prato fino. Diferente da maioria dos lugares, onde se come apenas as pernas dos sapos, na Namíbia, come se ele todo. O veneno se concentra em seus órgãos internos e na pele. Um Sapo Boi mal preparado pode conter toxinas que levam seus rins a pararem de funcionar em poucas horas, levando o sujeito à morte. Ainda não me esqueci do Baiacu.

Ackee

ackee.jpg

O Ackee é uma fruta originária da áfrica, mas que é comumente utilizada na culinária jamaicana, que tem como prato principal o prato de Ackee com peixe seco. A aparência dessa fruta é a de uma pêra gigante. Ela deve ser apanhada e consumida quando ela se abrir naturalmente no pé. E deve ser comida imediatamente, pois esta frutinha é venenosa quando passada. Apenas a polpa em volta das sementes pode ser comida, pois o restante da fruta contem uma toxina chamada hypoglicina, que pode ser fatal se consumida. Mas o Baiacu….

Água Viva Gigante

diver_and_jellyfish.jpg

Á água viva gigante do pacífico além de ser absurdamente grande, é também muito venenosa, e vive nas águas próximas ao Japão (tinha de ser lá).

agua-viva.jpg

As águas vivas se alimentam de atum, e como certa época do ano elas se proliferam de forma assustadora, elas acabam por diminuir os estoques de atum.

agua-viva22.jpg

A solução tomada pelos japoneses? Capturar as águas vivas e comerem.

Simples não? Assim como o Baiacu, ela contem neurotoxinas em certas partes do corpo, que devem ser retirados antes de se cozinhar bem para preparar o prato.

agua-viva2.jpg

Bonapetite!!!

Fonte: Trifter e DTA

Anúncios

Responses

  1. mas o Baiacu… hehehe

  2. Urgh!

  3. Sinistro a agua-viva gigante, incrivel!

  4. Detalhe: o ácido cianídrico da mandioca desaparece quando submetido ao calor.

    • Tu é paraense????

  5. Segundo chegou ao meu conhecimento, o baiacu é muito apreciado aqui no Brasil, especialmente em algumas regiões da Bahia. Há várias referências a essa iguaria (?) na bibliografia de J. Amado, inclusive com alusões ao perigo decorrente da extirpação incompleta dos órgãos que contém a toxina.

  6. Fams, é verdade, por isso que se cozinha adita cuja antes de fazer qualquer preparo. Já vi o pessoal fazendo farinha de tapioca no norte, eles torram os pedac0inhos por quase uma hora.
    Hector, eu sabia que ocorria no litoral brasileiro, mas não sabia que se comia por aqui.
    Abraços.

  7. jah comi baiacu… eh bom… mas eu naum sabia que era tao venenoso… hauhauhahuh… nunca mais como… ¬¬

    • elas só sao venenosas nos mares nao em comidas.

  8. ”Á água viva gigante do pacífico é enorme”

    ”neurotoxinas muito tóxicas”

    -.-

    sem querer ser chato mas já sendo…

  9. Ferris, valeu pelo toque sobre a redundância, não tinha prestado atenção.

  10. hahahahahahaa

    interessantissimo!

  11. E o pior é que os restaurantes que servem baiacu no Japão são caríssimos, justamente porque os caras que preparam têm que ser mui fodas. Mas pro cliente é dose né? Pagar uma grana preta e ainda correr o risco de morrer…

  12. È POR ISSO Q MERECE MORRER MESMO O IDIOTA ASSASINO COVARDE Q COME UM BICHO VIVO , NO CASO O POLVO, NO CASO , ELE DEVE ESTAR NO MÍNIMO SOFRENDO, POR ESTAR NA AGUA FERVENDO CHEIO DE TEMPEROS EM VOLTA. SE EU FOSSE O POLVO, FAZIA UM ESTRAGO DO CARAMBA NA BARRIGA DO CARA.

  13. Ótimo post! Mas faltou um pouco de informação sobre a mandioca… quando a toxina é letal? O que a torna não-letal?

  14. Muito interessante. Além do fugu, algo mais impressionante e proibido é o fígado do fugu. Eu ja´comi, parece uma língua esbranquiçada, sabor levemente azedo. Vale mais pela aventura e o perigo que pelo sabor.

  15. isso que é falta de naum fazer em…
    afinal fala pros retardados desses mergulhadores que eles são uns idiotas fala séerio quem mergulha num mar infestado de água viva?
    aff me pupe né quem come agua viva em?
    seu retardado
    !!! :{

  16. vcs são mt retardados né falaséri que come agua viva?
    a e aproveita e diz pros mergulhadores que eles são uns tapados que mergulha num tanque cheio de agua viva
    aff poupe-me

  17. Querido naum, não?
    Retardado neste caso acho que é você, que não sabe o que é concordância, pontos e vírgulas, além da tua “boa” educação.
    Volta pra escola muleque!

  18. […] isso em mente, estava pesquisando alguns pratos esquisitos, pois até já havia publicado um post sobre comidas potencialmente perigosas, mas nada que se compare com estas delicatesse indigestas […]

  19. Acho até interessante experimentar pratos exóticos, mas não acho nem um pouco legal comer um animal vivo( no caso do polvo)! É muita crueldade saber que está engolindo um ser vivo, e ele se debatento dentro de vc, tentando se salvar…
    Coloque-se no lugar dele…deve ser uma delícia ser engolido vivo!!!Ele deveria ter um veneno letal, capaz de matar quem o conseguisse engolir…

  20. Vanessa, eu não comeria um polvo vivo. Simbora que crú até já comi.
    Mas isso é coisa de oriental. Só para lembrar, eles comem cachorros…..argh

  21. ahuahuhuaha amei as fotos ^^

    e adorei seu jeito de se expressar, você parece ser muito show ^^

    Os japonses vivem com o perigo hein o.O”

    e ai, vc ja comeu Baiacu? kkkkk

    Bjs La

  22. eu adoro estudar ciemcia as agua vivas me enteressa

  23. aMo àgua viva !!! minha mãe acha muito estranho mais nhe aMo !!!

  24. mas é feio

  25. nhami nhami!
    o polvo é uma delícia!!!

  26. muito bom!!!!!
    rsrsrsrsrs!!!!!!!

  27. oi isso e maldade viu,:(

  28. Quanta nojeira! argh! e o ser humano não está já satisfeito com a carnificina que faz com vacas,frangos,carneiros e etc? Ainda pocura animais exóticos e VENENOSOS,se arriscando comendo esses seres?
    Eu hein…só podia ser coisa de GENTE mesmo!

  29. que nojo!

  30. urgh………
    eu ñ teria coragem de comer baiacu é nogento
    meu pai, esperimentou e disse q é diferente(o gsto)!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    obs:sinistro a água viva gigante

  31. Ola!!!

    Quem aqui já foi picado,mordito a seila.

    Por uma água viva: eu já :p

    é muito lokoooooo, só que queima pra caramba!!

  32. Muito nojento! coitado deste polvo e essa do sapo gigante? nossa aff.

  33. E eu achava que a minha comida era ruim………..eca

  34. ai que legal

  35. isso tudo é nojentoo,

  36. O baiacu faz um sucesso danado no Japão (onde estou agora)! O Fugu (eles falam húgu) é caro à beça aqui, e é uma iguaria nada fácil de encontrar.

    Eu já pesquei baiacu quando era pequeno em Cananéia… Eles são bem bobos e fáceis de pescar.

    Já comi baiacu também, mas não cru. A carne dele, assadinha, é uma das melhores carnes de peixe que existem… Muito tenra e delicada. Delícia!

  37. P.S.: falando de comidas diferentes… Eu comi um prato típico do Equador chamado CUY.

    Dá uma olhada e vê se algum de vocês comeria… Hehehe!

    • Quando tive no Perú, minha mulher comeu, eu não comi pois não como carne….é o nosso famoso porquinho da india.

  38. comeu um porquinho da india? pqp.. q ridiculo

  39. […] Flertando com a morte através das refeições « idealismo de buteco […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: